sexta-feira, 8 de março de 2019

EUA: CONDENDO POR MATAR A ESPOSA GRÁVIDA E DUAS FILHAS CONTA DETALHES DO CRIME


Um homem condenado à prisão perpétua nos EUA por matar a esposa grávida e as duas filhas pequenas do casal revelou pela primeira vez como o crime aconteceu, três meses após ser sentenciado.
Christopher Watts, do Colorado, estrangulou a mulher em sua cama antes de dirigir com o corpo dela e as duas filhas até seu local de trabalho, onde ele sufocou as meninas com um cobertor, segundo os registros de uma entrevista que ele deu na prisão.
Watts revelou que estrangulou Shanann, de 34 anos, em sua cama em 13 de agosto, depois que ele afirmou que o casamento estava acabado e ela respondeu que ele nunca mais veria as filhas. Watts disse que sua esposa suspeitou corretamente que ele estava tendo um caso, mas ele não contou a ela sobre seu relacionamento com um colega de trabalho antes de matá-la.

As autoridades especularam que Watts queria uma chance de começar uma nova vida com a mulher. Ele disse aos investigadores em fevereiro que a mulher "nunca pediu a ele para se livrar de sua família", mas o relacionamento deles pode ter "contribuído" para suas ações.
Depois que estrangulou Shanann, Watts disse que Bella entrou em seu quarto segurando um cobertor e perguntou o que havia de errado com sua mãe. Watts afirmou que a esposa não estava se sentindo bem.
A filha continuou observando enquanto Watts envolveu o corpo em um lençol e começou a chorar quando ele o puxou escada abaixo, disse ele.
Watts disse que colocou o corpo no chão do banco de trás da camionete. Quando ele entrou novamente na casa, Celeste também estava acordada.
Watts disse que colocou as meninas no banco de trás do veículo, onde elas acabaram cochilando no colo uma da outra enquanto ele dirigia. Cada criança tinha um cobertor e Celeste também levou um bicho de pelúcia.
Watts afirmou que não tinha planos para suas filhas, mas dirigiu até seu local de trabalho, cerca de 65 quilômetros a leste da casa da família, em Frederick. Ele trabalhava lá como operador de uma produtora de petróleo e gás.
Ele disse à polícia que tirou o corpo de Shanann da camionete enquanto as meninas perguntavam: "O que você está fazendo com a mamãe?"
Ele disse que voltou para a camionete e usou o cobertor de Celeste para sufocá-la enquanto Bella observava. Ele então colocou o corpo de Celeste dentro de um tanque de óleo antes de voltar para o caminhão e sufocar Bella usando o mesmo cobertor, dizem os documentos.
A últimas palavras dela foram "papai, não!", ele disse à polícia, acrescentando que Bella lutou sob o cobertor. Ele disse que colocou o corpo da menina dentro de outro tanque de óleo e enterrou o de Shanann nas proximidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário